Diferenças Entre Sistemas de Incêndios

diferença dos sistemas de alarme

Conheça as diferenças entre sistemas de Incêndios que Protegem vidas e ativos de negócios. Estas são as duas funções principais e extremamente importantes dos sistemas de detecção e alarme de incêndio. A instalação desta solução é fundamental para empresas de todos os portes que buscam melhorar o meio ambiente e a segurança dos funcionários. Praticamente todos os estados tornaram obrigatório o uso desses sistemas em espaços com aglomerações ou movimentação de pessoas

Os sistemas de detecção e alarme de incêndio são diferenciados pelo modo de operação e instalação e podem ser endereçáveis ​​ou convencionais. Por isso, muitas vezes surgem algumas dúvidas sobre qual ambiente é adequado para cada ambiente.

Para não tomar a decisão errada, é necessário conhecer melhor as normas de funcionamento e instalação destes sistemas de detecção e alarme de incêndio, bem como os requisitos para cada situação. Neste artigo, falaremos mais sobre trocas regulares e endereçáveis ​​para que suas decisões sejam precisas e eficientes.

diferença dos sistemas de alarme

Entenda o Funcionamento e as Diferenças Entre Sistemas de Incêndios

Antes de discutirmos mais sobre cada sistema de detecção e alarme de incêndio, é importante entender como a solução funciona como um todo. De acordo com a NBR 17240 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), um sistema completo é composto por diversos itens que atuam em conjunto na detecção e sinalização de fumaça e incêndio. Os principais equipamentos são:

  • Central de alarme;
  • Cabo de Alarme incêndio;
  • Sinalizador audiovisuais;
  • Acionador e detectores de temperatura ou fumaça;
  • Acionador manual.

Todo o processo de instalação, manutenção, testes e demais requisitos deste sistema é especificado pela NBR 17240. Além dessa disposição, existem outras regulamentações criadas por órgãos reguladores em conjunto com os bombeiros, podendo o Estado cumprir ou não a lei. No total, o país conta com mais de 60 recomendações de segurança contra incêndio, segundo a ABNT.

diferença dos sistemas de alarme

Agora, saiba mais sobre os sistemas tradicionais e endereçáveis ​​de detecção e alarme de incêndio.

Sistema convencional
Os sistemas tradicionais de detecção e alarme de incêndio são amplamente utilizados em apartamentos e são ideais para situações em que a localização exata da fonte de incêndio não precisa ser determinada.

Isso porque, nos sistemas tradicionais, os dispositivos são responsáveis ​​por cobrir uma área ou setor. Assim, quando ocorre um disparo de alarme, o centro pode dizer quem entre eles fez o incidente, mas sem precisar determinar a localização exata – como o segundo andar do apartamento X ou a empresa Y. Portanto, para utilizar esse tipo de sistema, o ambiente não deve abranger uma grande área para que seja difícil localizar o ponto exato de ocorrência.

Sistema Endereçável
Geralmente, os sistemas endereçáveis ​​funcionam exatamente como os sistemas tradicionais. No entanto, como o nome sugere, identifica com precisão todos os dispositivos integrados. Eles recebem um número chamado de endereço e, quando ocorre um evento, o dispositivo que aciona envia um sinal para a central, permitindo identificar o ponto exato do acidente e o tipo de dispositivo.

O sistema oferece, assim, flexibilidade em termos de proteção contra incêndio, pois informa diretamente no display central,  qual dispositivo está ativado e sua localização exata. Isso reduz significativamente o risco e aumenta o perigo. Devido à sua precisão, os sistemas endereçáveis ​​de detecção e alarme de incêndio são frequentemente usados ​​em ambientes que exigem contenção de eventos mais rápida, como data centers, clínicas médicas de internação ou asilos para idosos.

Outro fator relevante é que a unidade de controle pode “falar” com cada dispositivo de forma rápida e individual, mantendo o controle sobre os dispositivos ativos e indicando alarmes ou possíveis falhas no sistema. Portanto, é mais fácil saber quando substituir determinados dispositivos. No entanto, deve-se lembrar que os sistemas endereçáveis ​​utilizam protocolos proprietários, ou seja, os dispositivos instalados nos switches devem ter o mesmo tipo de comunicação.

Após entender os tipos, categorias e detalhes dos sistemas convencionais e endereçáveis, traremos os destaques de cada um para ajudá-lo a escolher o melhor sistema para sua situação.

Diferenças Entre Sistemas de Incêndios

Além dessa comparação, faça uma avaliação completa do espaço em que o equipamento será instalado, considerando o tamanho e a variante do local, e qual a finalidade da compra. Considere também o suporte e as garantias fornecidas pela empresa fornecedora.

Conheça mais aqui sobre sistemas de incêndio e seus componentes

sistema de alarme incêndio